A Rainha Vermelha – Victoria Aveyard

LIVRO: A RAINHA VERMELHA
AUTOR: VICTORIA AVEYARD
EDITORA: SEGUINTE
GÊNERO: FANTASIA/DISTOPIA
ANO DE PUBLICAÇÃO: 2015 (Brasil)
ISBN: 978-85-65765-69-5
Nº DE PAGINAS: 419
AVALIAÇÃO: 5/5 ★(favoritado!)

A rainha vermelha é é um livro de distopia, o primeiro volume de uma trilogia, escrito pela autora Victoria Aveyard, lançado no Brasil em junho deste ano pela Editora Seguinte.

   Em um mundo onde existem apenas dois tipos de pessoas: Os de sangue vermelho e os com sangue prateado. As pessoas com sangue prata possuem poderes especiais (telecinesia, controle do fogo, e vários outros), são pessoas da realeza, reis, rainhas, príncipes e princesas. Já as pessoas de sangue vermelho são pessoas comuns, trabalhadores, que dia após dia trabalham para sevir os prateados, e dessa forma conseguirem colocar comida na mesa e sobreviverem. O país está em guerra, portanto todos os jovens que ao completarem 18 anos de idade não estiverem empregados serão convocados para a guerra.

“Esta é a verdadeira distinção entre prateados e vermelhos: a cor do sangue. Esta única diferença os torna mais fortes, mais inteligentes  e melhores que nós.” Pág.: 14

    Mare Barrow é uma jovem que vive palafitas uma cidade simples onde habita apenas vermelhos. A família da de Mare já perdeu três irmão para a guerra, pois não conseguiram arrumar um emprego. A irmã mais nova de Mare trabalha como aprendiz de uma costureira, ganha pouco, mas já é o suficiente para não ter que encarar a guerra. Já Mare está quase completando dezoito anos e ainda não arrumou um trabalho, ela tenta ajudar a família roubando coisas para levar para sua casa com o intuito de estar ajudando. Mesmo ciente de que seus pais não gostam, ela não vê outra maneira de ajudar em casa.

“O sangue deles é uma ameaça, um aviso, uma promessa. Não somos iguais e jamais seremos.” Pág.: 14

    Um dia antes da fuga, Mare é surpreendida por guardas  que batem a sua porta, e para surpresa de Mare ela vai para o palácio pois conseguiu um emprego. Mesmo odiando cada prateado de seu país ela fica feliz por não ter que ir para o exercito. No primeiro dia de trabalho ela vai trabalhar na Prova Real, uma festa onde os príncipes escolhem suas futuras esposas. Porem durante uma confusão durante a cerimônia, Mare descobre que possui poderes especiais. Como uma garota pobre de sangue vermelho pode possuir poderes? A partir daí tudo muda na vida dela, e ela passa a embarcar em aventura onde muitos sairão feridos, e só resta a ela salvar a sua vida e a vida de quem ela mais ama. Mare irá descobrir que no mundo dos prateados “Todo mundo pode trair todo mundo.”

“Ele me segura pelo braço com força, como se temesse que alguém me tirasse dele. Sua mão paira diante do meu rosto, e ele limpa meu sangue com a manga da camisa. Se alguér vir…” Pág.: 225

Esse livro é maraaavilhosoo, um livro que mistura magia, lutas, drama, romance tudo de uma forma incrível e surpreendente. O livro fala de lealdade, amizade e principalmente confiança. É narrado em 1ª pessoa, e a leitura é tão envolvente que dá para ler em mais ou menos 2 dias. Esse primeiro livro da série é mais como uma apresentação ao mundo distópico criado por Victoria Aveyard, apesar de pouco romance, o foco principal do livro são as batalhas e as dificuldades enfrentadas pelos personagens.

Os personagens são cativantes, e cada um te conquista de uma maneira diferente. A personagem principal, Mare, é uma das personagens que mais me identifiquei, não é aquele tipo de mocinha chata que sempre se dá bem ou dramática demais, ao contrario é uma garota determinada e nos passa uma ideia de que talvez em outro livros da série, ela possa amadurecer ainda mais e ser uma grande heroína junto com outras de sagas tão famosas.

Muito leitores compararam A Rainha Vermelha com a série A Seleção da Kiera Cass, por se tratar de uma “disputa” com as princesas de um determinado reino. Independente de onde Victoria tenha se inspirado para criar essa história, eu achei muito inteligente a forma como ela desenvolveu o enredo e o desfecho que ela deu para o livro (me deixando de boca aberta), deixando o leitor ansioso pelo segundo livro da série.

Estou encantada com essa história, Cheio de cenas de batalhas que Victoria soube descrever de um jeito que você consegue imaginas as cenas. Agora é só esperar pela adaptação cinematográfica 😉

 

 “- Não sei como – ela sussura -, mas tomara que um dia vocÊ seja rainha. Imagine o que poderia fazer. A rainha vermelha.” Pág.: 293

Recomendo bastante a leitura de A Rainha Vermelha. Quem gosta de distopia e fantasia vai adorar esse livro.

 ADICIONE O LIVRO AO SKOOB!

Anúncios

2 comentários sobre “A Rainha Vermelha – Victoria Aveyard

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s