Half Bad – Selly Green

LIVRO: HALF BAD
SÉRIE:
HALF LIFE – VOL 01
AUTOR:
 SALLY GREEN
EDITORA: INTRÍNSECA
GÊNERO: YOUNG ADULT/ FANTASIA
ANO DE PUBLICAÇÃO: 2014 (Brasil)
ISBN: 978-85-8057-560-6
Nº DE PAGINAS: 304
AVALIAÇÃO: 4/5

IMG_20160208_125340630

 

SINOPSE: A história é sempre contada pelos vencedores, dizem. E Nathan, infelizmente, não é um deles. Na Inglaterra em que ele vive, bruxos e humanos dividem o mesmo espaço, sem, no entanto, se misturarem. Mesmo entre os bruxos, há os que se autodenominam bons, puros e justos — os bruxos da Luz —, e há, é claro, seus inimigos, aqueles que devem ser combatidos e aniquilados, a origem de todo o mal — os bruxos das Sombras. Nesse mundo dividido entre mocinhos e vilões, não ter um lado é pecado, e esse é exatamente o caso de Nathan, filho de uma bruxa da Luz com um bruxo das Sombras. E seu pai não é um bruxo qualquer, e sim o mais poderoso e cruel que já existiu, acusado de ter matado a mãe de Nathan. O garoto é visto como uma aberração tanto por seus pares quanto pelo Conselho dos Bruxos da Luz; uma ameaça que precisa ser domada ou exterminada. E as coisas só ficam mais complicadas conforme o tempo passa, já que, ao completarem dezessete anos, todos os bruxos passam por uma cerimônia em que seu dom — o poder que carregarão por toda a vida — é finalmente revelado. Nesse momento se definirá se Nathan é um bruxo da Luz ou das Sombras, e dessa definição dependem suas chances de permanecer vivo.

Half Bad foi publicado em 2014 pela Editora Intrínseca. É o romance de estréia da autora Selly Green, que acertou em cheio na minha opinião. Half Bad é o primeiro volume de uma série. Não vou mentir que comprei esse livro pela capa, quem nunca? E assim que cheguei em casa procurei algumas informações sobre ele na internet e vi que tinham opiniões diversas, uns adoram o livro, outros odiaram e teve aqueles que não acharam o livro essa “coca- cola toda”. Então resolvi passar ele na frente de outras leituras minha e tirar minhas próprias conclusões. E foram muito boas por sinal!

IMG_20160208_124530463

Um livro totalmente diferente de tudo que já li. Aqui iremos conhecer os bruxos da luz e um pouco sobre os bruxos da sombra. A história gira em torno de Nathan, um Brux (bruxos ou meio sangue menores de 17 anos), que vive com sua avó e seus meio-irmãos após perder a mãe. Porém Nathan é tratado de forma diferente dos outros  bruxos por ser filho de uma bruxa da luz e do bruxo das sombras mais perigoso da Inglaterra, Marcus!

Todo brux, seja ele meio sangue (filho de um Humano com um Bruxo da Luz ou de um Bruxo da Luz com um Bruxo das Sombras) ou não, ao completar 17 anos receberá três presentes de seus pais ou responsável, e beberá do seu sangue se tornando assim um Bruxo completo.

Até completar seus 17 anos, Nathan passa os piores anos de sua vida, é torturado, descriminado, encarcerado e sendo tratado como um lixo. Eu fiquei muito agoniada durante a leitura, pois é muito triste a situação em que o jovem bruxo se encontra. e de uma forma estranha durante a leitura podemos comparar com o preconceito que infelizmente ainda nos rodeiam na vida real.

IMG_20160208_124714584

O livro é narrado em sua maioria em terceira pessoa, porém algumas partes do livro ele é narrado em segunda pessoa, algo que chamou bastante minha atenção para a leitura. Achei bem diferente essa forma de narrativa usada pela autora (até então, nunca tinha lido um livro narrado em segunda pessoa) e até que gostei.

Os personagens criados por Selly Green são todos cativantes e com personalidade forte. Eu consegui me apegar rapidamente a vários. O personagem principal, Nathan, é um dos que mais gostei, apesar de passar por situações cada vez mais difíceis, ele não se deixa abalar e nem fica lamentando durante o livro, muito pelo contrario, ele consegue sair de cada situação de cabeça erguida e sempre aprende algo que levará consigo por toda história.

Durante a leitura também somos inseridos aos costumes de cada tipo de bruxos, como uma sociedade. O livro gira praticamente todo em torno das dificuldades e do caminho que Nathan passa até completar a idade suficiente para se tornar um Bruxo completo. E durante toda essa trajetória é difícil não se apegar ao garoto e ficar curiosa com os acontecimentos até virar a última página. Sally Green já conseguiu mais uma fã, com apena um livro.

O livro é cheio de drama, suspense e aventura. Tem também um pouco de romance, porém não é o foco neste primeiro livro, ele serviu mesmo para que amenizasse os acontecimentos com Nathan, nos fazendo respirar um pouco durante a leitura kkk. Eu gostei bastante desse livro superou minhas expectativas e dessa vez acertei em cheio ao jugar o livro pela capa! Ao final do livro não tem como não querer ler o segundo volume HALF WILD (Já publicado aqui no Brasil) e preciso urgente dessa continuação.

IMG_20160208_125634442

Bom galera é isso espero que tenham gostado. E se já leram deixem suas opiniões aqui nos comentários.

Bjus!

Keel ^^

 

Anúncios

13 comentários sobre “Half Bad – Selly Green

  1. Oiii Raquel!!
    Ganhei esse livro sábado agora e não o conhecia ainda, pensei em procurar uma resenha para saber mais sobre a história do livro e acabei esquecendo, mas hj olhando o meu feed de noticias do blog acabei vendo sua resenha. Me animei mais para ler. Adorei a capa do livro tbm, chamou mto minha atenção… Bom adorei sua resenha e quero ler logo esse livro… Beijinhos!!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oie Leisiane,
    Eu gostei muito desse livro, no início vc pode estranhar porque começa sendo nareado em segunda pessoa, mas pode continuar pq depois passa a ser narrado em primeira pessoa e o livro é muito bom. Cheio de acontecimentos, drama e tudo mais.

    Depois de ler me conta o que achou!
    Bjuss

    Curtido por 1 pessoa

  3. Adorei as fotos e super me interessei pelo livro, gosto de personagens fortes e amo uma história de bruxo/a. Haha já me interessei tbm por um livro devido a capa, como também já comprei o mesmo livro por causa de uma capa diferente e mais bonita hahah Adorei a resenha!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Pingback: TAG – Julgando pela capa | Colecionando história

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s