Mulheres Importantes na História viram princesas da Disney

david-trumble_-women-od-the-world-collection

Olá galera,

Depois de ler o livro O Diário de Anne Frank, resolve pesquisar um pouco mais sobre ela na internet e acabei me deparando com algo muito legal no site Metrópoles, o artista David Trumble ilustrou mulheres que foram importantes para a história como princesas da Disney, quebrando assim todos os esteriótipos de que princesas são donzelas indefesas que estão a procura do príncipe encantado, e nos mostra que as verdadeira princesas da nossa história foram mulheres corajosas que lutaram por seus direitos e o direitos de outras pessoas e apesar das dificuldades nunca desistiram, e conseguiram grandes feitos para a humanidade mesmo que apenas nos ensinando a ver o mundo de um jeito diferente.

Princesa Ruth Bader Ginsburg: Princesa Suprema

Foi a segunda mulher nomeada para o cargo de Juíza da Suprema Corte dos EUA, com uma voz forte em favor da igualdade de gênero, de direitos dos trabalhadores e da separação entre Igreja e Estado.Em 1996, Ginsburg escreveu a decisão histórica do Supremo Tribunal Federal dos EUA, proibindo o Instituto Militar da Virgínia de recusar-se a admitir mulheres.

1-ruth-bader-ginsberg-princess-e1383160244615


Princesa Anne Frank: Princesa do Holocausto

Uma garota judia que foi morta aos 15 de anos em um campo de concentração no ano de 1945. Anne Frank ficou conhecida mundialmente após sua morte, com a publicação de seu diário onde relatou as experiências que viveu com a família ao se esconder dos nazistas na Holanda.

5-anne-frank-princess-e1383160435604

Princesa Harriet Tubman: Princesa da Abolição

Também conhecida por Black Moses, foi uma afro-americana natural dos EUA, abolicionista, humanitária e espiã da União durante a Guerra Civil dos Estados Unidos da América, que lutou pela liberdade, contra a escravidão e o racismo. Atuou em treze missões para resgatar setenta escravos utilizando a rede de ativistas abolicionistas e abrigos conhecida como “Underground railroad”.

6-harriet-tubman-princess-e1383160416115

 

Princesa Marie Curie: Princesa Nobel

Cientista polonesa que foi a primeira pessoa a ser premiada duas vezes com um Prêmio Nobel. Em 1903, (dividido com seu marido, Pierre Curie, e Becquerel) pelas suas descobertas no campo da radioatividade, e com o Nobel de Química, em 1911 pela descoberta dos elementos químicos rádio e polônio 2.

8-marie-curie-princess-e1383160363369

 

Princesa Malala Yousafzai: Princesa Desafiadora

Em 2012, após uma tentativa de assassinato por talibãs armados, aos 16 anos, Malala foi baleada na cabeça e no pescoço quando retornava para casa em um ônibus escolar. Eles tentaram mata-la por ser uma ativista em prol dos direitos da educação e das mulheres. Ela sobreviveu e reside atualmente na Europa. Malala ganhou o Prêmio Sakharov e o dedicou aos heróis sem nome do Paquistão, com o seguinte discurso ao receber o prêmio: “Algumas crianças não querem X-Box, iPhone e nem chocolate, querem um livro e uma caneta para irem ao colégio”.

10-malala-yousafzai-princess-e1383160318701

Princesa Susan B. Anthony: Princesa do Sufrágio

Susan foi uma das únicas que lutou pelos direitos das mulheres de votarem, em meados de 1800. Deixou um legado para as mulheres das futuras gerações.

4-susan-b-anthony-princess-e1383160460332

Bom gente é isso, eu me estou encantada com essa ilustrações! David ilustrou 10 grandes mulheres da história, porém só coloquei 6 no blog, mas vou deixar o link do site Metrópoles aqui e do site do autor  aqui, para quem quiser ver as outras ilustrações.

Espero que tenham gostado!

Bjus!
Keel ^^

Anúncios

Curiosidades sobre o Natal

fotor_148268693515362

E numa busca pela Internet encontrei algumas curiosidades sobre o Natal, e resolvi trazer algumas aqui pra vocês.  Espero que gostem!

  • A Estátua da Liberdade foi um presente de natal dado pela França aos Estados Unidos.

 

  • As bolas natalinas surgiram para substituir as maçãs que eram colocadas nas árvores de natal como enfeites

 

  • A figura do papai Noel é uma homenagem ao bispo católico São Nicolau, que presenteava crianças pobres no século IV.

 

  • “Jingle Bells” foi primeiramente escrita para o Dia de Ação de Graças e se tornou uma das mais famosas canções natalinas.

 

  • Papai Noel foi inspirado na figura de São Nicolau, que nasceu em Patras, Grécia, no séc. III. Em alguns países, ele é chamado de Santa Claus. Em Portugal é conhecido como Papai Natal.

 

  • Na Rússia e em outras partes, a Igreja Ortodoxa comemora o Natal em 6 de janeiro.

 

  • A árvore de Natal foi criada na Alemanha e tratava-se de um pinheiro enfeitado com maçãs. O primeiro registro sobre a montagem de uma árvore de Natal, no entanto, vem da Letônia, em 1510.

 

  • O panetone tão querido dos brasileiros é quase um desconhecido dos americanos. As famílias americanas que são descendentes de italianos conhecem, e você costuma encontrar panetone nos mercados italianos. Em algumas regiões dos EUA alguns supermercados vendem, mas está longe de ser um item popular entre os americanos, a maioria mesmo nunca nem provou.

 

  • Consta que o presépio foi uma criação de São Francisco de Assis para representar o nascimento de Jesus de forma mais realista.

 

  • Na Europa, antigamente, as pessoas deixavam a porta de casa aberta durante a noite para que viajantes e pessoas pobres pudessem participar da ceia de Natal. Até hoje, a refeição é o momento de confraternização entre amigos e familiares. No Brasil, o prato mais tradicional é o peru assado.

 

 

Bom galera, é isso. Desejo a todos um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de realizações! !!

 

Bijus!!

Keel ^^

 

 

Fonte: mais que curiosidade // Site de Curiosidades // Brasil Escola // História Digital

Exposição ComCiência – Patrícia Piccinini

 

dsc_0920

Olá galera,

Hoje eu vim falar com vocês sobre uma exposição que visitei recentemente e que me surpreendeu bastante. A mostra “ComCiência”, da artista australiana Patrícia Piccinini, trás o duplo sentido da palavra em forma de esculturas e quadros diferentes de tudo que já vimos. Criaturas estranhas, que  de inicio aparentam até mesmo parecer repulsivas porém com feições tão humanas que nos fazem sentir algo a mais em suas fisionomias, algumas esculturas trazem aquela sensação de aconchego e outras não conseguimos ficar muito tempo perto é impressionante.

Patricia Piccinini desenha seres que poderiam ser criados em laboratório para executar tarefas do nosso cotidiano. Sendo que todas aparentam ser engraçadas, estranhas ou monstruosas porém com uma humanidade e bondade no olhar. São seres que propõem uma experiência de aproximação e afeto.  A artista cria um cenário onde cabe a cada espectador desvendar os mistérios escondidos em cada imagem e a mensagem que ela gostaria de passar.

E eu trouxe algumas fotos para vocês!

dsc_0951dsc_0967dsc_0956dsc_0950dsc_0921dsc_0939dsc_0920Bom não vou colocar todas para não estragar a experiência de quem for ao evento.

“À primeira vista, o trabalho da artista plástica Patricia Piccinini pode causar certo estranhamento. Mas basta um segundo olhar para o público se render ao universo criado por ela e entender o porquê de a exposição “ComCiência” ter atraído mais de um milhão de visitantes nos CCBBs de São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Na capital mineira, as esculturas pautadas no realismo fantástico e que parecem ter saído de filmes de ficção podem ser vistas a partir desta quarta-feira (12), no CCBB-BH” (Matéria do jornal Hoje em Dia – 12 de outubro de 2016, por Vanessa Perroni)

Para quem se interessou a mostra está ocorrendo em algumas cidades no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de 09:00 às 21:00, com entrada gratuita.

CCBB-BH – do dia 12 de Outubro de 2016 a 09 de janeiro de 2017.

CCBB-SP – do dia 12 de outubro de 2016 a 04 de janeiro de 2017.

Bom galera espero que tenham gostado tanto quanto eu!

Bjus! 

Keel ^^

Músicas inspiradas em livros

 

DSC_0081254654

Desde muito tempo vários livros serviram de inspiração para o cinema ou teatro. E hoje temos uma enorme lista de livros que foram adaptados e que agradam ou não ao público.

Mas o que muita gente não sabe é muitas músicas também foram inspiradas em livros, artistas renomados como Pink Floyd, Led Zeppelin, Iron Maiden, Green Day e até Legião Urbana se inspiraram em varias obras literárias e escreveram músicas que fizeram ou fazem parte de nossas histórias.

E hoje eu resolvi trazer algumas para vocês. Infelizmente não coloquei todas porque SÃO MUITAS, mas quem tiver curiosidade e quiser pesquisar depois, vai encontrar muita música boa que foi inspirada em livros que nem imaginávamos.

  1. Música: Don’t Stand so close to me –The Police

Capa Vladimir Nabokov Lolita.indd

Ao escrever a letra da música o vocalista e baixista da banda, Sting, se inspirou no clássico romance Lolita, de Vladimir Nabokov.

 

  1. 1984 – David Bowie 

1984_1388816485B

David Bowie queria realizar uma adaptação cinematográfica de 1984 escrito por George Orwell, mas os direitos autorais foram negados.  Dessa forma o cantor lançou o álbum Diamond Dogs, lançado no ano de 1974, que foi todo inspirado da obra de Orwell.

 

  1. Álbum: Animals – Pink Floyd

A_REVOLUCAO_DOS_BICHOS_1270681889BMais uma vez, as obras de George Orwell serve como inspiração para uma canção, ou melhor para um álbum inteiro. A Revolução dos Bichos  foi a inspiração para a criação de “Animals”,  décimo álbum da banda Pink Floyd que foi lançado em 1977. Assim como Orwell no livro, Roger faz uma analogia aos animais e os humanos, refletindo sobrea política e desigualdade da época.

 

  1. Lord Of The Flies – Iron Maiden

 

SENHOR_DAS_MOSCAS_14539934601291SK1453993460BVarias músicas da banda foram inspiradas em livros e uma delas é Lord of The Flies, que foi inspirada no livro O Senhor das Moscas   de William Golding. E ao contrario de outras canções que inspiradas focam mais nos “mocinhos” da história, essa é contada pelo ponto de vista dos mais selvagens, Jack e seu grupo.

  1. Look Alive, Sunshine – My Chemical Romance

LARANJA_MECANICA_14320363131194SK1432036313BMikey Way se inspirou no clássico, Laranja Mecânica de Anthony Burgess. Em entrevista a Billboard o baixista da banda, explicou que a música foi inspirada na linguagem do livro “Eu queria todas aquelas frases que você não sabe o que significam, mas você sente o que frase quer dizer então adivinha o significado”.

 

  1. Who Wrote Holden Caulfiel – Green Day

O_APANHADOR_NO_CAMPO_DE_CENTEIO_1348235428BO vocalista da banda Green Day, Billie Joe Armstrong, disse que sua professora do ensino médio o fez ler O Apanhador no Campo de Centeio  de J.D. Salinger, e ele odiou o livro. Porem anos depois e ele resolveu reler o livro e gostou tanto que resolveu escrever uma música baseada no personagem principal do livro, Holden Caulfield.

 

Ramble On – Led Zeppelin
O_SENHOR_DOS_ANEIS_1324580699BO vocalista da banda, Robert Plant, se inspirou em O Senhor dos Anéis de J.R.R. Tolkien. E fez referências às aventuras de Frodo nas “profundezas de Mordor”. Posteriormente Plant admitiu que se sentia envergonhado pelas referências a Tolkien.

 

  1. Pet Sematary – Ramones

downloadO mestre do terror Stephen King sempre foi um grande fã da banda Ramones e durante o livro O Cemitério, cita por diversas vezes a banda, chegando a dizer em certa parte que o personagem Louis Creed chegou a se hospedar em um hotel com o nome de Dee Dee Ramone, baixista da banda. A música “Pet Sematary” da banda foi uma homenagem à obra e às referências de Stephen King.

 

E pensa que foi só artistas estrangeiros que se inspiraram em livros? muitos artistas nacionais também escreveram músicas baseadas em grandes clássicos brasileiros.

  1. A hora da estrela–  Pato Fu

A banda Pato Fu, escreveu a música A Hora A_HORA_DA_ESTRELA_1387553444Bda Estrela, inspirada na
obra homônima a jornalista Clarice Lispector. A hora da estrela foi o último livro escrito pela autora.

 

  1. Monte Castelo- Legião Urbana

OS_LUSIADAS_1276276081B A música de grande sucesso da banda foi inspirada no soneto 11 do livro Os Lusíadas  de Luís de Camões

 

 

  1. Lanterna dos Afogados- Paralamas do Sucesso

JUBIABA_1303504408BHerbet se inspirou em um capítulo do livro Jubiabá   de Jorge Amado.

 

 

Bom galera essas foram algumas dicas. Espero que tenham gostado, se vocês souberem de mais alguma deixem aqui nos comentário.

 

Bjus!

Keel ^^

 Fontes: Literatura cult; cia dos livros; estanrte  lotada.

Filme – Cyberbully

Olá galera,

Eu criei esse blog com o objetivo de falar sobre os livros que leio, e dividir a minha opinião com vocês. Porém como o próprio slogan do blog já diz “Um blog sobre TUDO que conte uma história”, eu resolvi que falar sobre os filmes e músicas que gosto e que quero compartilhar com vocês.

cyberbully-tv-movie-poster-2011-1020711230

E hoje vou falar sobre filme, e esses dias estava procurando um mais tranqüilo pra que eu pudesse assistir, aqueles filmes estilo “seção da tarde” que infelizmente já tem um tempo que não assisto. E encontrei o filme Cyberbully lançado nos EUA em 2011, e aqui no Brasil em 2012. Filme dirigido por Charles Binamé e gravado em Montreal, no Canadá, foi lançado somente na televisão. Estrelado por Emily Osment, o filme conta a história de uma garota que ganha um computador e sofre de cyberbullying (bullying virtual) após se tornar membro de uma rede social.

CYBERBULLY

CYBERBULLY

Após ganhar o computador e receber ordens severas da mãe de como usar-lo, Taylor acabada criando uma conta em uma rede social, e após uma brincadeira  de mal gosto, sua vida se torna um caos. Taylor acaba sofrendo com as gozações dos amigos, no entanto as brincadeiras acabam perdendo o controle e até mesmo seus melhores amigos começam a se afastar. E ao buscar ajuda dos pais e das autoridades ela começa a se ver em um beco sem saída, vivendo os piores dias na vida de um adolescente.

Esse filme é bem adolescente, mas em minha opinião é um daqueles filmes todos os jovens devem assistir, pois mostra como o Bullying virtual pode ser tão grave quanto o Bullying tradicional. Muitos jovens não percebem, mas podem esta fazendo Bullying com algum colega e para eles não passa de uma brincadeira boba. Porém as coisas infelizmente não são assim, nos dias de hoje o cyberbullying está mais presente na vida dos jovens do que se pode imaginar, e é neste momento que os pais devem estar atentos para os tipos de conversar e até que ponto seus filhos colocam detalhes da sua vida pessoal nas redes sociais.

Cyberbully-Foto-4
O filme deixa bem claro que nem mesmo as autoridades dão importância para esse tipo de bullying, o que faz com que tudo saia ainda mais fora do controle, e nem mesmo a pessoa que iniciou o bullying consegue parar. E estas atitudes podem interferir até mesmo no convívio escolar, podendo afetar seriamente a pessoa de forma física e psicologicamente.

EMILY OSMENT

hqdefault

maxresdefault

O filme é curto com duração de 1 hora e 20 min, mas foi o suficiente para me deixar emocionada, e chocada com a proporção do estrago que uma brincadeira pode causar. E aprendi tanto com esse filme que é um daqueles que sempre vou recomendar para os jovens.

 

Bom galera espero que vocês tenham gostado!

Bjus!

Keel ^^